CONHEÇA 4 AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA MELHORAR A VISIBILIDADE NO PDV

consumidor comportamento varejo

Atelier de Mkt

06 de Maio de 2021

Planejar é indispensável para ter resultados no Trade Marketing. Lembre-se: o momento da compra é decisivo para influenciar o shopper, pois cerca de 70% das decisões de compra acontecem no PDV. Esta é uma grande oportunidade de exercitar a criatividade e a capacidade de criar ações engajadoras! 

Além de potencializar a presença da marca no PDV, através de ações estratégicas você consegue gerar mais engajamento e interação com o shopper, aumentar a visibilidade dos produtos na loja, atrair novos consumidores, promover experiências, além de uma série de outros benefícios. O shopper busca soluções que resolvam suas necessidades, e o momento de tomada de decisão pode ser influenciado por sua marca com uma boa estratégia sendo executada. 

O fato é que as ações estratégicas de trade marketing impactam positivamente no PDV. Com planejamento, ao observar alguns fatores, torna-se mais fácil ser percebido e, mais do que isso: propiciar a melhor experiência de compra. A criatividade focada em colocar o shopper no centro da estratégia e no protagonismo da jornada de compra pode fazer toda a diferença para os resultados das suas ações.  Por isso, listamos neste post quatro ações estratégicas de Trade Marketing para ajudar a sua marca e o seu produto a terem mais visibilidade!

1. Materiais de merchandising

Ações estratégicas de Trade Marketing - Materiais de Merchandising

O primeiro ponto de atenção são os materiais de merchandising dentro da estratégia de Trade Marketing. Ao investir neles e criar peças ou ações bem pensadas e executadas, você expõe o seu produto de maneira eficaz e ganha muitas vantagens competitivas ao melhorar a experiência de compra do shopper. É o primeiro passo para ter sucesso na visibilidade.

Também é importante lembrar que existem diversos tipos de materiais, desenvolvidos para atender cada ponto de contato dentro do PDV, a fim de impactar o shopper em sua jornada de compra. Se quiser entender mais sobre esse tema, explicamos nesse artigo

É claro que quanto melhor for a sua estratégia, mais a marca tem a ganhar. Por isso, a definição dos materiais de merchandising deve ser pensada de forma estratégica para ter maior escalabilidade da exposição e capilaridade. É simples: ao focar em reduzir os custos e ter uma cadeia mais eficiente, você consegue aumentar sua presença em quantidade nos PDVs, atingindo um número muito maior de consumidores em uma multiplicidade de canais.  Para saber mais, é só clicar aqui.

 

2. Ambientação de categorias para atrair e converter

 

Ações estratégicas de Trade Marketing Ambientação de gondola

Não basta apenas chamar a atenção do shopper. A visibilidade precisa andar ao lado da conversão em venda para que o objetivo final, que é o sell-out, seja atingido. E é neste ponto que a ambientação de categorias pode ajudar: uma boa estratégia de ambientação de categoria pode auxiliar o shopper na sua interação com a gôndola. O que isso ocasiona? Mais facilidade para que ele entenda o seu sortimento, para agilizar a jornada de compra e estimular, inclusive, as compras casadas.

É importante destacar que a ambientação de categorias tem como objetivo trazer visibilidade para mais de um tipo de produto dentro da mesma categoria. É como se estes projetos servissem para agregar um valor visual para uma área do PDV e trazer visibilidade para ela como um todo, e não apenas para um produto específico.

 

3. Gerenciamento por categorias para agregar e fazer vendas casadas

 

Gerenciamento por categorias - Ações de trade marketing

Aqui, os protagonistas são a indústria e o varejo, que definem em conjunto quais são as categorias de produtos e trabalham de forma estratégica para destacá-las. As categorias podem ser beleza, higiene, bebidas (alcoólicas ou não), farmacêutica… O conceito principal é a união de produtos que tenham uma finalidade semelhante entre si no PDV para aumentar vendas casadas, uma melhor ambientação, menos rupturas, menos perdas e mais lucratividade. 

Para escolher a melhor forma de categorização, é preciso observar as características do shopper, o tipo de produto a ser comercializado e, é claro, o seu planejamento. Além disso, o uso combinado de categorias, quando bem executado, pode trazer ainda mais retorno: um ótimo exemplo é o setor de limpeza, que geralmente agrupa diversas categorias (higiene pessoal e de casa, por exemplo), usando a jornada de compra do shopper no PDV para vendas casadas. No entanto, em todas as categorias é possível fazer um bom uso da combinação para ter resultados positivos.

 

4. Promoções e ações de comunicação

 

Promoções e ações de comunicação - Ação de Trade Marketing

A promoção, em geral, desperta uma sensação de urgência e escassez no shopper. Em alguns casos, ela pode ser um fator usado para alavancar a visibilidade de produtos e contribuir para melhores resultados no PDV. Por exemplo, um produto que está sendo lançado, pode se beneficiar de uma promoção em destaque no PDV para atrair a atenção.

Pense conosco: a visibilidade que um preço promocional tem dentro do ponto de vendas é algo difícil de ser batido. Principalmente quando o shopper está buscando o melhor preço ou alguma vantagem durante a experiência de compra. Concorda?

Pensando nisso, as ações de comunicação e promoções podem andar lado a lado rumo ao sucesso: comunicar de forma clara sobre descontos e motivações de compra nas redes sociais ou na mídia tradicional (jornais e TV), por exemplo, podem ser uma ótima combinação para potencializar a visibilidade. Pense nesta união ao elaborar sua próxima estratégia de trade!

Vamos além: até mesmo sorteios e concursos culturais podem trazer uma maior visibilidade do shopper. Quando você conhece o público que compra sua marca, fica muito mais fácil acertar a melhor ação para converter exposição de marca em mais vendas e em melhor posicionamento dentro do PDV. 

Fonte: Fábrica de Ideias

consumidor comportamento varejo
Escrito por Atelier De Mkt

Produção de Conteúdo